24 de mai de 2012

Kegel - benefícios para nós mulheres!

Uma vez que nós, mulheres, ainda não podemos contar com um 'viagra feminino' rs a nossa solução como fêmeas precisa ser buscada em outros meios se quisermos melhorar a vida sexual por exemplo. Os exercícios de Kegel é uma ótima saída e boa pedida pois não somente ajuda no desempenho sexual e fortalece a musculatura da região vaginal como também trás inúmeros outros benefícios, como restaurar o tônus e a força muscular de modo a prevenir ou reduzir problemas do pavimento pélvico como incontinência urinária ou vaginismo...

O método Kegel, foi inventado pelo médico alemão Arnoldo Kegel, que sugeriu exercícios para prevenir a incontinência urinária e a flacidez pós-parto, e também para que a mulher tenha mais prazer sexual. Os exercícios — que consistem em contrair os dois músculos principais que atravessam a região pélvica — ajudam a aumentar a percepção sobre a região vaginal, aumentando o controle dos movimentos dessa área do corpo.

Para começar a fazer os exercícios de Kegel, é importante descobrir quais são os músculos certos a serem exercitados. Para identificar esses músculos, há alguns métodos: tente interromper o fluxo de urina quando estiver sentada no vaso sanitário. Se o conseguir fazer, significa que está utilizando os músculos corretos e já percebeu quais são eles.

Exercícios de Kegel para você tentar:

Segundo especialistas, o ideal é praticar os movimentos diariamente, pela manhã e à noite. Procure fazer pelo menos três séries de quinze ou vinte repetições para cada uma delas.

1. Sente-se em uma cadeira e apóie as mãos nas coxas. Deixe os pés paralelos e distantes 20 centímetros um do outro. Contraia os músculos da vagina como se apertasse algo dentro dela. Conte até três e relaxe. Aumente a contagem gradativamente até chegar a dez. Variação: contraia e relaxe os músculos rapidamente. Para acertar o ritmo, imagine que acompanha uma respiração. 2. Deite-se num colchonete e deixe os braços ao longo do corpo. Flexione as pernas. Essa é a posição inicial. Eleve o quadril e o dorso e fique apoiada sobre os ombros e os pés. Ao elevar o quadril, contraia os glúteos. Volte a posição inicial e relaxe os glúteos. Variação: Na posição inicial, contraia o bumbum em três tempos, sem relaxar: primeiro levemente. Em seguida mais forte e depois com toda a intensidade que conseguir. 3. De pé com as pernas semi-flexionadas, coloque as mãos na cintura e deixe os pés paralelos e distantes 20 ou 30 centímetros um do outro. Mova a pélvis para cima e para frente. Ao fazer isso, contraia a parte interna da vagina. Segure, conte até três e relaxe.

Variação: Faça um movimento contínuo e circular, como se usasse um bambolê, só que em quatro tempos: 1-Mova a pélvis para cima e para frente; 2- Leve o quadril para a esquerda; 3- Jogue o bumbum para trás; 4- Leve o quadril para direita.

Fonte: http://extra.globo.com/saude/bemviver/

E que assim nós mulheres possamos contar com mais uma forma de nos alinhar com as energias naturais e nos conectarmos com nosso corpo e nosso Eu Sagrado,

Abençoadas sejam!

Grainne

2 comentários:

Ciganas disse...

sempre nos informando e nos relembrando de como somos especiais e devemos nos valorizar, adorei o post, bjos!

Sarah Cigana disse...

Já estou aqui praticando! ;)